As pessoas não são honestas com sua própria natureza.

Daffy_001

Você com certeza conhece aqueles cabaços digo…coitados, que sofrem na friend zone certo?
Até o puto do Orcus sofreu com isso…

E você sabe porque essas coisas acontecem? O motivo é muito simples, e essa coluna vai ser extremamente curta… Mas garanto que ficaram estupefatos ao terminarem de ler…

Recentemente uma colega sugeriu um aplicativo que a estava fazendo ela morrer de rir…
Não vou fazer propaganda gratuita dele por aqui, mas é um que se trata de relacionamentos…sim, é feito para pessoas ‘moderna” conhecer pretendentes para relacionamentos…seja sério ou não.

Como eu estou de férias e a menina parecia se divertir pelos motivos errado, com as asneiras que lê por lá, eu como um chato desocupado digo….pseudo-antropólogo social… tá, isso também não ajuda… Apenas um curioso….

OK UM PUTO SEM O QUE FAZER!

Está bom assim? Enfim…prosseguindo, resolvi entrar lá pra ver se era tão engraçado a coisa…
Mas eu só esqueci de um detalhe….Como homem, a minha experiência nesse aplicativo é bem diferente do que a de uma mulher…

Por mais que meus odiadores julguem que eu não tenha bolas e meu cabelo comprido é uma vontade enrustida de ser mulher…

Pela nossa natureza social, homens tendem a tomar  mais iniciativas do que mulheres, então enquanto em um dia a unica mensagem que recebi naquele aplicativo era a automática de boas vindas do criador (que deve ser um sujeito solitário com problemas de relacionamento e agora com o dinheiro que tem, com certeza não precisa do seu próprio site pra arrumar um relacionamento), a minha colega recebeu mais de 100…

E o que conclui do aplicativo? Que o sistema de afinidade dele é péssimo, uma vez que a sugestão dele dizia que as piriguete que curtem arrocha são o ideal de mulher pra mim…É, talvez pra me levar a cometer suicídio e impedir que gente como eu use essa ferramenta de gente solitária.

E que deveria realmente esperar algo ruim quando o site pergunta “se você tem carro” como uma informação essencial para alguém se interessar por você ou não…

O fato é que observando tudo o que a média de mulheres escrevem no site, do que esperam de um cara ideal, é completamente diferente do que realmente desejam na prática, vou explicar:

As mulheres em geral dizem conscientemente tudo aquilo que sabemos…

Que procuram caráter, uma pessoa atenciosa, romântica, inteligente, engraçada e etc…Todas essas característica quase clichê que sabemos que seria a de um “homem ideal” pra um relacionamento…Mas na verdade o que conduz elas é seu inconsciente, e no seu inconsciente elas mantem padrões artificiais como, beleza, fama, status, e etc…Por isso elas dizem uma coisa, mas agem completamente diferente disso, e também não percebem, pelo contrário, se demonstrar isso a elas, aguente , pois ficarão putas contigo e dizerem que é um absurdo que você não as “conhece” e o mimimi de sempre… E a unica razão para que elas estourem desse jeito é que bem lá no fundo concordam que ouviram o que não queriam…Mas não é essa a questão, o que quero dizer é que temos que fazer uma profunda reflexão de nós mesmo, acessar nosso inconsciente e ver quais os valores pregnados nele, que comandam nossa vida sem percebemos…porque é automático…

Então temos que nos livrar desse artificialismo que só atrasa nossa vida e nos iludem em coisas que com o tempo percebemos, nos fazem infelizes (diria que essas coisas descartáveis devem ser como a sensação de uma ejaculação precoce, você pode ficar eufórico na hora, mas no minuto seguinte fica com aquela sensação brochante e desanimada).

E pra conseguir se soltar dessas amarras, e realmente refletir (e isso é difícil para alguns) sobre nós mesmos e nossos valores, mas não podemos nos auto-enganar, deixando sua consciência dizer que você é algo que não é, mas sim olhar seu reflexo inconsciente…E quer saber como posso afirmar isso? Porque mandei essa mesma opinião para muitas garotas que conheço, e inclusive usam aquela ferramenta, e todas…TODAS concordaram com isso, e inclusive disseram que serve pra homens em geral também…

Então o lance aqui não é criticar um sexo ou outro e sim o comportamento…Se você tem vergonha de assumir o que é, então deveria mudar, e não manter uma embalagem se o recheio é outro…Isso só vai gerar mal entendido, frustrações para ambos os lados e você pode achar que engana bem, mas no fundo só esta se destruindo por dentro e quando perceber isso, já vai estar velha e amargurada demais…

Quanto eu e o aplicativo? Bom, não vou precisar mais usa-lo…Afinal, eu não vou rir pelos motivos que me levaram a cria-lo, e só me serviu como um resumo de um lance que observei desde quando ainda estava na escola e tinha menos pêlos na perna, que na verdade toda pessoa inteligente já notou, só que alguns só não gostam de assumir…. afinal é preciso muita coragem pra afirmar que se é um sujeito de lances casuais, que esta interessado em aspectos que os verdadeiros românticos consideram um veneno, e talvez por essa natureza do que parece “certo” moralmente, leva as pessoas a mentirem sobre si mesmas…

Afinal, eu respeito muito mais a “piriguete” que assume seus vícios carnais e não esconde sua natureza interesseira seja do que for (e estou falando realmente sério), do que mulheres que escrevem que querem um “homem carinhoso, atencioso e de caráter” e oculta que quer isso desde que ele tenha o rosto do George Clooney e sua conta bancária…ou que principalmente seja apenas por esses dois aspectos…

Anúncios

7 comentários em “As pessoas não são honestas com sua própria natureza.

  1. Excelente como sempre raposa rs. Concordo em gênero, número e grau.
    E do jeito que seu odiadores são, capazes de falarem que só escreveu tudo isso porque “não recebeu nenhuma atenção no aplicativo” quando na verdade, ta mais do que claro qual foi sua intenção em escrever.

    Seria bom se existissem mais homens honestos em suas opiniões como você, e que não escondem o que notam sobre as mulheres, por mais que elas odeiem ver um cara qualquer falar sobre isso, como disse uma moça no seu post de roqueiras, a verdade dói e incomoda rs.

  2. Dificil a mulher assumir que quer “dinheiro” num relacionamento, se fizessem isso publicamente, não ficariam com ninguem mesmo hehe! (ok, com algum milionário ou esportista rico que gosta de realmente pagar pra sair com mulheres lindas, e se ela tiver esse padrão visual, a história muda rs)

    Acho patético quem tenta defender que mulher se importa com dinheiro porque é um mecanismo automatico de sobrevivência de “quer segurança futura”, esse argumento ja seria questionavel no século 19, imagine nos dias de hoje com toda independência feminin, mas que nenhuma comece um discurso sobre esse assunto e quanto longe do ideal estão e bla).

    nenhum homem quer passar dificuldades, então deveriamos caçar só ricas e indenpendentes tb? (se bem que tem filmes que mostram isso kkk), ou segundo essas mesmas mulher pra sere coveniente, só os caras é que devem sustenta-las e por isso só faz sentio elas caçarem essa “segurança”? Ambos lados estão errados obviamente.

    Concordo contigo Raposa, ja acessei um site desses e realmente é tudo desse jeito, tu diz exatamente o que elas gostariam de ouvir do tipo de cara que dizem procurar, e não tem retorno algum, umas dizem que olham seu perfil e só não respondem por que “não gostaram do que viram”, bem, no meu perfil descrevia exatamente eu ser o que elas procuravam (até esses teste de afinidades que o site proporciona indicam elas), a gente sabe extamente o que ela não “gostou” no seu perfil, e é o que vocÊ ja descrevei muito bem na coluna.

    Homens são mais honestos até pra putaria, pena que as mulheres não sejam, me irritaria muito menos se falassem de cara do que fingissem essas coisas.

    Ps: eu ja conquistei uma namorada, rs só comentei do que me acontecia antes, essa minha namorada é bem diferente, ela sim é honesta diante do que é como pessoa pra mim e pra ela.

  3. Cara eu tô por fora… O que é friendzone?

    Essas piriguetes não só servem para se suicidar, mas también otras coisitas más…

    Você devia experimentar namorar com uma rockeira!! Falô.
    Bom faz de conta que você é de marte e eu sou de vênus, e talvez a gente se encontre em uma galaxia muito, muito distante.

    #covildoraposa

  4. Pingback: As pessoas não são honestas com sua própria natureza. | Cosmopolitan Girl

  5. Primeiramente, boa tarde. Gostaria de me retratar sobre o atraso na leitura do blog e seus pensamentos inseridos aqui.
    Gostei deste tema “As pessoas não são honestas com sua própria natureza”, a qual envolve alguns parâmetros de estudos novos para algumas ciências competentes sobre tal assunto.
    Analisando o que li neste contexto, alguns pontos:

    1. Realidade virtual e as problemáticas
    A realidade virtual a qual você cita, o fundamento proveniente foi proporcionar por um lado as relações sociais em tempo real com qualquer parte que dispõe a rede e é um “facilitador da comunicação”.
    Por aproximar o distante e distanciar os próximos, a realidade virtual ela acarreta problemáticas sociais e emocionais.
    Aqui posso citar como exemplo, as pessoas ao qual postam fotos com os corpos desnudos para que obtenham mais “feedback” para que seu brio, que por sua vez está vazio; preencha instantaneamente a ponto de que seu emocional esteja adjunto ao que acontece virtualmente, isolando-se como um ser de virtudes e somente idealiza o que é imposto por tal padrão social de excelência geometricamente calculados pela moda.

    2. Padrões impostos pela sociedade moderna
    Com o padrão de beleza e pessoas “admiradas” pela sociedade moderna, muitas pessoas valorizam o superficial o que é airoso quanto a estes padrões, dispensando assim o que sabem que é o essencial, com o propósito de parecer um pop star ao grupo que está inserido.
    A mulher ou o homem que buscam ter algum relacionamento baseados a isso, saciam a sociedade pois esta lhes apresentando com outras pessoas que encaixam nestes padrões porem com sem nenhum querer.”
    Vejo por exemplo alguns homens (no meu caso), que preferem sair com mulheres magras e com roupas da moda que tenha algum estatos financeiro bom, somente para exibir-se para seus amigos que ele é o “bom” e que ele “pode”, numa disputa de estatos mais relacionado didaticamente aos animais irracionais, que para pessoas “racionais”. Esse é o caso de algumas mulheres, que por outro lado, querem um motorista particular e financiador não um namorado romântico.

    3. Conclusão
    Ao analisar é contundente que estes relacionamentos; sejam eles namoro, ficar, casar, “amizade” e outros renomes dados; estão associados a padrões do quer da maioria e não da pessoa em si, influenciado pela alienação do “correto” ao querer, deixando sua personalidade de lado e inserindo o padrão importo na sua vida, acarretando assim problemáticas sociais e psicológicas por algum dia /ou não estar inserido no que é imposto como bom.

    Atenciosamente,
    Paula F. Agus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s